This post is sponsored by VMware. Learn about VMware virtualization and cloud solutions for small & mid-size business visit info.vmware.com



This article is available in other languages:

Germany Tem apenas um servidor? A virtualização ainda faz a diferença.France Tem apenas um servidor? A virtualização ainda faz a diferença.China Tem apenas um servidor? A virtualização ainda faz a diferença.Netherlands Tem apenas um servidor? A virtualização ainda faz a diferença.England Tem apenas um servidor? A virtualização ainda faz a diferença.Portugal Tem apenas um servidor? A virtualização ainda faz a diferença.

Tem apenas um servidor? A virtualização ainda faz a diferença.

Algo que encontro sempre em meu trabalho são negócios que dizem coisas do tipo “gostamos da idéia da virtualização mas só temos um servidor, então isso não serve para nós.” Estou aqui para acabar com este mito; a virtualização serve a qualquer um que tenha um ou vários servidores.

Você possui um servidor em uma estante no armário, e passa a maior parte do tempo esperando que ele não dê problemas pois não tem certeza se voltará ao normal com os backups. Bem, se você tivesse um servidor virtualizado, você teria muito mais opções, uma vez que o SO não diferencia mais qual dispositivo o está rodando, é necessário apenas que o hypervisor esteja no lugar. Não apenas isso como, quando a garantia de seu hardware expira, tudo o que se tem a fazer é exportar a máquina virtual, instalar o ESX no novo hardware e então importar a máquina virtual. Fácil!

Há também outros benefícios. Muitas soluções de backup permitem ainda salvar a VM inteira em um formato compatível com a nova máquina. Os dias em que era necessário remontar o sistema e importar arquivos ficaram para trás, agora você pode restaurar todo o conjunto.

Ainda não se convenceu? Que tal, você está realizando uma manutenção importante no servidor, como elevando o nível funcional do domínio? Fácil, faça um clone do servidor virtual antes de começar, e caso as coisas dêem errado, é tão simples quanto desligar a antiga máquina virtual e rodar o clone.

Snapshots também são práticos, permitindo à sua equipe voltar o estado do servidor virtualizado a qualquer ponto no tempo sem quebrar a cabeça. Normalmente, o servidor estará pronto para voar em menos de 15 minutos, não só isso, como a maioria das plataformas de virtualização logo oferecerão suporte a Virtualização de Controlador de Domínio, permitindo que esses recursos sejam utilizados também para protegerem um domínio Active Directory.

A maior razão, no entanto, é a habilidade de permitir que você use aquele bruto potencial do seu novo servidor ao máximo. Virtualizando, você abre toda uma gama de novas oportunidades para o futuro, onde não será mais necessário comprar hardware novo apenas para testar algo em uma estação de trabalho ou introduzir uma nova aplicação, além de ter a liberdade de levar sua máquina virtual aonde desejar.

Não faz mais sentido instalar Windows ou Linux direto na máqina, já que a VMWare literalmente dá um hypervisor básico para o público. Se você pode ter todas essas opções de graça, por que descartar a opurtunidade de liberar ainda mais potencial de seus servidores?